Facebook Linkedin Twitter
#
CONTACTE-NOS
(+351) 226 156 500
The Álvaro Siza Talks 2018 – Discursos sobre arquitetura
de 16 JUL 2018 a 17 JUL 2018
The Álvaro Siza Talks - Discursos sobre arquitetura

16 E 17 JUL 2018
Conversas com a História

Como parte do compromisso do Museu de Arte Contemporânea de Serralves com a arquitetura, 2018 verá a primeira edição da iniciativa The Álvaro Siza Talks. Trata-se de um evento anual que abrirá o debate sobre as questões mais relevantes da arquitetura contemporânea a arquitetos, académicos e estudantes, celebrando o espírito da obra de Álvaro Siza. 

O objetivo central deste evento consiste na produção e no intercâmbio de conhecimento sobre a arquitetura. Cada edição estará subordinada a um tema específico e promoverá a discussão e o debate, tendo como leitmotiv questões e valores que encontram eco na prática de Siza.

O trabalho de Siza recorda-nos constantemente que todo o projeto arquitetónico contemporâneo relevante contém em si a totalidade da história da arquitetura. Desde o início da sua carreira que é possível detetar nos seus projetos a presença de traços de arquiteturas do passado, no entanto sempre profundamente trabalhados. A sua obra é a prova de que a criatividade pode avançar em qualquer direção e que a continuidade é a base para a inovação na arquitetura. 

Esta primeira edição de The Álvaro Siza Talks, Conversas com a História, procurará explorar esta relação por duas vertentes: como a história da arquitetura influencia algumas das melhores práticas contemporâneas; e como podem, por seu lado, esses trabalhos sugerir novas leituras da história.

A sessão de abertura decorrerá a 16 de Julho com uma comunicação de Kazuyo Sejima.

O Comité Científico de The Álvaro Siza Talks inclui: Álvaro Siza, Eduardo Souto de Moura, Manuel Graça Dias, Farrokh Derakhshani (Diretor do Prémio de Arquitetura Aga Khan), João Ribas (Diretor do Museu de Arte Contemporânea de Serralves) e Carles Muro (Curador Adjunto para a Arquitetura do Museu de Arte Contemporânea de Serralves).

A iniciativa The Álvaro Siza Talks é organizada pela Fundação de Serralves com o apoio da Fundação Aga Khan.

Programa:
16 julho 2018
14h30 - Dra. Ana Pinho (Presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves)
14h40 - Arqt. Carles Muro (Curador Adjunto para Programas de Arquitectura Museu de Arte contemporânea da Fundação de Serralves)
14h50 – Arqt. Kazuyo Sejima (SANAA - Sejima and Nishizawa Architects Associates, Tóquio)

17 julho 2018
10h30 - Guido Beltramini (Director do Centro Internazionale di Studi di Architettura Andrea Palladio, Vicenza)
11h30 - Josep Quetglas (Professor na Universitat Politècnica de Catalunya, Barcelona)*

*Apresentação falada em Espanhol sem tradução.

Intervalo almoço

14h30 - Inês Lobo (Inês Lobo Arquitectos, Lisboa e Curadora Representação Oficial Portuguesa na Bienal de Veneza, 2012)
15h30 - Nuno Brandão Costa (Brandão Costa Arquitectos, Porto / Curador Representação Oficial Portuguesa na Bienal de Veneza, 2018)

Apresentações faladas em Inglês e Português com tradução simultânea em Português e Inglês.

Bilhete para as Siza Talks: €5 (50% desconto para Estudantes, >65 e Amigos de Serralves)
  • LocalAuditório de Serralves
  • Dias 16 JUL 2018 - 17 JUL 2018
Kazuyo Sejima (Ibaraki, Japão, 1956) estudou arquitetura na Universidade Feminina do Japão, tendo-se formado em 1981. Colaborou com Toyo Ito antes de abrir o seu próprio gabinete de arquitetura em 1987. Em 1995 estabeleceu o gabinete SANAA com Ryue Nishizawa. Recebeu vários Prémios, incluindo o Arnold W. Brunner Memorial Prize em 2002; o Leão de Ouro pelo mais relevante trabalho presente na "Metaphor” — 9ª Exposição Internacional de Arquitetura, Bienal de Veneza, em 2004; e o Prémio Pritzker de Arquitetura em 2010. Ainda em 2010 foi diretora da 12ª Exposição Internacional de Arquitetura na Bienal de Veneza, intitulada "People meet in Architecture”. 

Guido Beltramini (Schio, Itália, 1961) é historiador da arquitetura e curador. É desde 1991 o diretor do Centro Internacional de Estudos de Arquitetura Andrea Palladio, em Vicenza 1991. Tem uma vasta obra publicada sobre a arquitetura do Renascimento, mas também sobre o trabalho de Carlo Scarpa. Foi professor visitante na Universidade de Ferrara (1994–2002), na Graduate School of Design da Universidade de Harvard (2015 and 2017–18) e no Colégio Real das Artes do Victoria and Albert Museum. É curador de exposições, o que nos anos recentes tem sido também um meio de aprofundar os seus estudos sobre o Renascimento, particularmente a rede de relações entre escritores e artistas. É desde 2015 membro do Conselho de Administração do Canadian Centre for Architecture. 



Josep Quetglas (Palma, Espanha, 1946) estudou na Escola de Arquitetura de Barcelona (ETSAB, UPC), onde se formou em 1973, tendo-se tornado professor titular de História da Arte e da Arquitetura em 1988. Foi membro fundador e participativo das revistas Carrer de la Ciutat (1977–80), Revista Técnica (1988–89) WAM: Web Architecture Magazine, assim como fundou e dirigiu as coleções seminais de livros "Colección de Arquilectura” e "Biblioteca de Arquitectura” e, em 2002, fundou Massilia. Annuaire d'études corbuséennes. Publicou Der Gläserne Schrecken: Imágenes del Pabellón de Alemania (1991), Les Heures Claires. Proyecto y Arquitectura en la Villa Savoye de Le Corbusier y Pierre Jeanneret (2004) e mais recentemente Breviario de Ronchamp (2018).

Inês Lobo estudou arquitetura na Universidade Técnica de Lisboa, onde leciona desde que se formou em 1989. Foi professora visitante de Arquitetura na Universidade Autónoma de Lisboa. Em 2002 fundou em Lisboa o seu próprio gabinete de arquitetura: Inês Lobo Arquitectos. Comissariou a representação portuguesa à Bienal de Veneza de 2012. Em 1999 recebeu do Presidente da República o grau de Oficial da Ordem de Mérito; em 2013 a distinção "Mulheres criadoras de cultura”; e em 2014 o prémio internacional ArcVision Prize — Women and Architecture.

Nuno Brandão Costa formou-se em 1994 pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP), onde leciona a cadeira de Projeto desde 2001. Trabalhou em Basileia com Herzog & de Meuron (1992–93) e com José Fernando Gonçalves & Paulo Providência (1993–97). Pouco tempo depois abriu o seu próprio gabinete de arquitetura no Porto. Em 2008 recebeu o Prémio Secil e foi nomeado para o Mies van der Rohe Award, e em 2012 foi nomeado para o BSI — Swiss Architecture Award. Juntamente com Sérgio Mah foi o curador da representação portuguesa deste ano à Bienal de Veneza de Arquitetura.


Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves