Facebook Linkedin Twitter

Novo Banco Revelação

Exposições
O Prémio NOVO BANCO REVELAÇÃO é uma iniciativa do NOVO BANCO em parceria com a Fundação de Serralves, que já distinguiu 39 artistas e tem como objetivo incentivar a produção e criação artística de jovens ta...

Os finalistas da edição de 2016 do prémio NOVO BANCO Revelação foram escolhidos pelo júri, presidido por João Ribas, Diretor Adjunto e Curador Sénior do Museu de Serralves e constituído por Alice Motard, Curadora Chefe do CAPC – Museu de Arte Contemporânea de Bordéus; Émilie Villez, Diretora da Fundação Kadist, Paris; Luca Lo Pinto, curador da Kunsthalle Wien, Viena; Ricardo Nicolau, adjunto da direção do Museu de Serralves e Filipa Loureiro, curadora do Museu de Serralves. Foi decidido por unanimidade selecionar os projetos dos artistas Rogério Correia RibeiroPedro HuetHenrique Pavão e Andreia Santana como finalistas do prémio.

No trabalho apresentado a concurso por Rogério Costa Ribeiro o júri destacou a ironia com que o artista explora a pretensa capacidade da fotografia para documentar situações sociais e políticas. 

O projeto de Pedro Huet analisa a forma como as ferramentas digitais, ao permitirem a manipulação e fácil circulação de qualquer imagem, alteraram a nossa relação com a fotografia.

Henrique Pavão propõe apresentar uma instalação composta por uma série de duplas projeções de diapositivos que apresenta imagens de uma viagem de carro pela Europa em que se regista uma bizarra duplicação de estações de serviço ao longo de várias autoestradas.

O projeto de Andreia Santana coloca a fotografia ao serviço da classificação e documentação de uma escavação arqueológica encenada, em que ao invés de serem encontrados objetos pertencentes a uma antiga civilização, são descobertos despojos da ainda contemporânea civilização industrial.

Os quatro artistas utilizam o suporte fotográfico para o interrogar nos seus sentidos e possibilidades na arte contemporânea.

O Prémio NOVO BANCO REVELAÇÃO é uma iniciativa do NOVO BANCO em parceria com a Fundação de Serralves, que tem como objetivo incentivar a produção e criação artística de jovens talentos portugueses, tendo por base uma lógica de divulgação, lançamento e apoio a todos os artistas que recorram ao meio da fotografia. 

Lançada em 2005, esta iniciativa já distinguiu e premiou 39 jovens artistas.
Ao apostar com o Museu de Serralves numa iniciativa que promove o surgimento de novos criadores, o NOVO BANCO reforça a sua estratégia de mecenato cultural na área da fotografia e, simultaneamente, intervém na comunidade, através de formas inovadoras de dinamização da arte, nomeadamente no contexto dos jovens artistas contemporâneos portugueses. 

Mecenas do Prémio NOVO BANCO Revelação
Novo Banco Rev


Apoio institucional
Novo Governo de Portugal


Ser Amigo faz a diferença.
Junte-se a nós! 

MoradaRua D. João de Castro, 210
4150-417 Porto Portugal
Latitude 41º 9'35.40"N
Longitude 8º39'35.35ºW
CONTACTE-NOS 226156500
SIGA-NOS
Serralves